Untitled

EI DILMA vai toma no C……kkkkkk

(Fonte: youtube.com)

Falam de tudo. Da moral, do comportamento, dos sentimentos, das reações, dos medos, das imperfeições, dos erros, das criancices, ranzinzisses, chatices, mesmices, grandezas, feitos, espantos. Sobretudo falam do comportamento e falam porque supõem saber. Mas não sabem, porque jamais foram capazes de sentir como o outro sente. Se sentissem, não falariam.

Nelson Rodrigues.   (via floricitar)

(Fonte: by-morena, via serfelizeoqueimporta)

Ela sobre ele: … Mas sabe o que acho? Acho que no fundo, nunca me amou de verdade, sempre ficava arranjando motivos fúteis para discutirmos, eu sempre esperei um atitude madura da parte dele, mas parecia que gostava de ficar agindo como uma criança, não que aquilo não fosse lindo em certos momentos, mas ele tem que saber separar as coisas, eu o amo muito, mas como as coisas estavam, não faria sentido continuar. Eu ainda o amo muito, ele sempre vai ser tudo pra mim, mesmo infantil, e desejo do fundo do meu coração que ele encontre alguém que o entenda perfeitamente do jeito que é.

Ele sobre ela: Ela nunca me deixava falar o que queria, sempre dizia que as coisas que eu dizia eram fúteis demais para serem discutidas, só que ela esqueceu todas as nossas brigas por seus ataques bobos de ciúmes, esqueceu todas as vezes em que liguei para ela de madrugada para me desculpar, mesmo chata, era linda com ciúmes. Eu ainda a amo, mas foi bom ter terminado assim, espero que ela encontre alguém que seja capaz de ter uma conversa séria com ela, sem criancices, sou infantil demais para ela.

Mas está faltando amor.  (via incapacitado)

(Fonte: EXTINTA, via desequilibra-da)